22 de dezembro de 2009

Música Secular e eu...

Sirvo a Deus na igreja, no ministério de louvor, na mocidade, sou uma vida resgatada por Cristo e convertida pelo Espírito de Deus, e hoje sou nova criatura.

Uma das coisas que mais amo fazer é cantar, amo mesmo!!! Mas não faço isso se não para a glória de Deus, por isso, não canto músicas seculares, nada contra quem faz ou ouve, mas é minha opção.

Algumas pessoas me convidam para cantar musica secular e eu sempre recuso, me perguntam porque eu não canto músicas seculares, então vou explicar:

A música que Deus criou é bênção, mas como todas as outras coisas que ele fez, devem ser usadas para glorificar o nome dele. A música secular (algumas) é bênção sim e acredito que para efeito de estudo eu as usaria, ouviria, mas para prática, não!

Quando a gente se converte, quer esquecer tudo o que fez no passado, as práticas, o comportamento errado, tudo se faz novo mesmo. Bom, acredito que não é isso o que Deus quer para a minha vida.

Como ministra de louvor, acredito que toda oportunidade deve ser usada para exaltá-lo, pois há um propósito maior na ministração, na vida de quem sobe ao altar para ministrar a vida das pessoas.

Faculdade de música:
Tenho um sonho que é fazer minha faculdade de música, sei que lá vou ter de estudar todo tipo de música, música boa, o que me deixa mais tranquila, e vou ter de cantar inclusive, mas, será como ferramenta de trabalho, apenas isso!

Alguns quando ouvem isso ficam aborrecidos, mas não fiquem... Respeito a liberdade de todos os que gostam de curtir música secular, mas prefiro me reservar quanto a isto.

De qualquer forma, não é o que entra que está contaminado, mas o que sai do coração, por isso, não é a música um pecado, pecado é o que nós fazemos com ela, e a utilização que fazemos dela.

Cuide da mente de seus filhos, e oriente-os a ouvir aquilo que edifica a alma que glorifica a Deus e que exalta o que Ele fez por nós.

É isso!

Podem comentar!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário