1 de junho de 2010

Esperança

Hoje eu quero falar sobre essa palavra tão presente em nossas vidas. Esperança!
Eu nasci e fui criada em um lar totalmente diferente dos outros, em relação às crenças principalmente. Meu pai sempre foi um homem trabalhador, minha mãe também, meus irmãos e eu crescemos unidos, nos amando sempre, nos defendendo a qualquer preço, enfim, uma família!
Assim como muitas pessoas fazem, nossa família viveu a vida depositando sua confiança em algo, mas nem sempre esse algo era digno de confiança, infelizmente.
Eu cresci aprendendo que podia interferir nos resultados de minha vida. Fazer acontecer de alguma forma, mas, não estou falando de motivação, do tipo como quem diz: vai lá, vc consegue. Não! Estou falando de interferência espiritual mesmo, pois éramos praticantes do Candomblé. Tudo o que fazíamos era orientado por orixás. A casa que alugávamos tinha de ter um número onde o resultado da soma dava um determinado valor que era, segundo esta seita, algo que traria sorte para nós, dentre outras crenças que não vem ao caso agora...
Bom, como disse antes, depositávamos nossa confiança em muitas coisas, e sempre nos frustrávamos. Muitas foram as conquistas, mas muitas foram as perdas também. Nenhum amigo que tínhamos no passado, hoje, se faz presente na casa de meus pais. Os que se diziam amigos, nem ligam mais, não os visitam, não se importam com eles.
Aquilo que antes era tão importante para meus pais, hoje, não faz mais sentido algum, não tem valor, e porque não tem valor? Porque não eram verdadeiras.
Mas, nós, como família ainda permanecíamos juntos, unidos, presentes um na vida do outro.
Aí, a doença chega nas nossas vidas e tudo perde a cor, perde o sentido. Aquilo em que acreditávamos não foi capaz de mudar as circunstâncias, não foi capaz de mudar nossa sorte, de trazer a saúde dos meus pais de volta, de dar esperança.
Esperança! Enfim, a palavra que é tema desse artigo.
Esperança é uma palavra linda!!! A esperança requer uma certa perseverança, acreditar que algo é possível mesmo quando há indicações do contrário.
NA minha nova vida que ganhei por causa de Jesus, aprendi a depositar a minha confiança e a ter esperança no Deus de toda esperança. Rom 15.13
E o que é esperar? Esperamos o que?
Bom, é aí que está o segredo da minha alma.
A história acima ainda é a realidade da minha família, mas não é mais a minha realidade, graças a Deus!
Onde está depositada minha esperança?
Eu espero pela conversão da minha familia toda, principalmente meu pai, minha mãe e meus irmãos, meu marido, e de todas as almas perdidas.
Eu espero, não por um futuro aqui, mas, pela esperança da glória: Jesus!!!
Cristo é em nós a esperança da glória.
Porque, qual é a nossa esperança, ou coroa de glória? Porventura não o sois vós também diante de nosso Senhor Jesus Cristo em sua vinda?
Pois é pessoal, espero mesmo que cada vida que tenha escutado a Palavra de Deus que liberta e salva abra seu coraçãoe a receba integralmente, para ter assegurado o seu futuro glorioso!
E você, qual é a sua esperança? Pelo que você espera?
Paz!

2 comentários:

  1. Que belo texto, Lu! Palavras saídas do coração, é possível sentir.
    Bjo!

    ResponderExcluir
  2. Lindo Lú! Parabens!!!
    Que Jesus seja sempre nossa esperança!
    BJus!

    ResponderExcluir