10 de julho de 2010

Quem é o Senhor na sua vida?

O SENHOR é o meu rochedo, e o meu lugar forte, e o meu libertador; o meu Deus, a minha fortaleza, em quem confio; o meu escudo, a força da minha salvação, e o meu alto refúgio. 

Davi, homem segundo o coração de Deus, expressou neste salmo quem era o Senhor dele.

“o Senhor é o meu Rochedo”.
Parecia que tudo estava indo de mal a pior, fora de controle, mas aqui, Davi nos revela que podemos viver acima das circunstâncias, quando estamos no Senhor. Não é assim Também conosco?
“e meu lugar forte”.
O lugar onde você tem buscado estar tem sido forte o suficiente para sua vida? Qual é o lugar de Deus na sua vida? Onde você busca encontrar Deus? Davi o encontrava nos montes, mas nós também podemos buscar Deus na intimidade de nosso quarto, confiando de que o acharemos lá e certos de que em Deus estamos seguros. A diferença entre nós e Davi é que em nós, o Espírito Santo faz morada. Ele fala conosco, ele move nossos corações. Qual é o lugar de Deus dentro de você?
“e meu libertador”.
Davi foi salvo das garras de Saul, de suas próprias garras (a vontade da carne) e de tantas outras ameaças à sua vida, e nós também fomos salvos e ainda estamos sendo salvos todos os dias, pois o perigo está ao nosso derredor. Ele nos salva até mesmo de nosso maior inimigo, nós mesmos e as concupiscências de nossa carne! Apresente seus inimigos diante de Deus. Analise a si mesmo e irá perceber que há inimigos dentro de você que precisam ser eliminados, como a cobiça, a ganância, a inveja, a impureza, a idolatria, a maledicência (fofoca), e tantas outras.
E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará. Faça conhecida de Deus a sua verdade, quem você é realmente e essa verdade vai libertar você. E mais! Você será transformado em nova criatura! Deus quer te libertar!

“o meu Deus”.
Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito. Rm 8:28
Deus é soberano, tem, em suas mãos o controle de tudo o que existe e acontece. Ele sabe antes mesmo que aconteça, Ele vê, antes mesmo que torne existente. Ele ouve, antes mesmo que venhamos a proferir as palavras de nossa boca. Ele sonda nossos corações e quando nem havíamos pensado ele já sabe Sl 139. Isso deve nos fazer descansar e confiar sim, mas não deve ser um descanso que nos impeça de agir, de falar, de confessar, de abrir a nossa boca. “Enquanto eu calei os meus pecados os meus ossos envelheceram...” Precisamos abrir a nossa boca, não somente para pedir, mas para confessar e declarar todo o nosso amor ao nosso Deus.

“a minha fortaleza”
Uma fortaleza é uma estrutura projetada para guerra defensiva. É um erro achar que tudo está bem, que os tempos são de paz, não! Nossa fortaleza nos defende de ataques variados, pois a artilharia de satanás é pesada, mas, se estamos em guerra e o senhor da guerra é o nosso Deus que já venceu a principal das inimigas, a morte, a certeza de vitória é garantida pela cruz! Revista-se das armas certas: Efésios 4.

“Em quem confio”
Confiança é algo que se adquire com o tempo, com relacionamento. Quanto menos tempo dedicamos a Deus, menos confiança demonstramos ter nEle.

"o meu escudo"
Escudos servem para proteção. Quantas vezes, Deus impediu que algumas coisas te atingissem e com seu escudo livrou você do peso mais forte, da cruz mais pesada, dos açoites da vida? Triste mesmo é que às vezes reclamamos de pedrinhas tão pequenas que nos atingem e não percebemos que a pedra maior e mais pesada já foi assumida por Jesus.



“a força da minha salvação”
Porque Deus nos salvou? Primeiro, Deus não nos salvou por causa do que fizemos por Ele ou por outros. Não merecíamos nada! Merecíamos a morte, mas segundo a sua misericórdia, Ele nos salvou pela lavagem da regeneração e da renovação do Espírito Santo. Tt 3:5. Nos salvou para que o Seu poder fosse conhecido de todos. Sl 106:8. Nos salvou por causa de sua graça, por causa de seu amor! Jo 3:16
O nosso Deus é o mesmo Deus de Daniel, porque ele é o Deus vivo e que permanece para sempre, e o seu reino não se pode destruir, e o seu domínio durará até o fim.
Ele salva, livra, e opera sinais e maravilhas no céu e na terra; ele salvou e livrou Daniel do poder dos leões e pode salvar você!

 
“e o meu alto refúgio”.
Um refúgio é um lugar onde nos sentimos seguros, onde nos isolamos das influências, do tumulto, é um lugar só nosso em que nos sentimos à vontade para estar. Um lugar alto sempre nos dá uma visão mais ampla. De lá, conseguimos ver aquilo que quando estamos perto demais, muitas vezes não enxergamos. Então, “o Senhor é o meu alto refúgio” quando nele eu busco me orientar, quando nele eu procuro a direção certa, quando nele eu sinto estar protegida e amparada de todas as influências. É Deus o seu alto refúgio?

Quem é o Senhor na sua vida?
Pense nisso!

Paz!
Luciana Reis

3 comentários:

  1. Seu texto me fez lembrar da belíssima canção "Eu me alegro em ti", não me lembro de quem, rs, mas é maravilhosa.
    Bjo!

    ResponderExcluir
  2. Com certeza Lú...só Jesus Cristo é o Senhor e Salvador de nossas vidas.

    Márcio Flávio

    ResponderExcluir
  3. Oi Luciana , muito bom seu blog muito bom mesmo!
    fico feliz por saber que somos irmãs na fé e que compartilhanmos da mesma doutrina
    obs: sou igreja Presbiteria do Brasil tbm
    beeijinhos Talita

    ResponderExcluir