7 de maio de 2014

Perdas!?



Perdas...
Alguém já disse que aprendemos a valorizar as coisas e pessoas quando as perdemos...
Quando estamos hospitalizados, valorizamos a vida; Quando estamos solitários, valorizamos as companhias; Quando estamos sem dinheiro, valorizamos cada centavo e não desperdiçamos nada; Quando nossos pais morrem, valorizamos o tempo que tivemos e que não volta mais;
Quando perdemos o emprego por displicência nossa, aprendemos que deveríamos ter valorizado quando o tínhamos... Quando falamos coisas que machucam e afastam a quem amamos, valorizamos o silêncio que deveria ter sido praticado; Quando perdemos os nossos "ministérios", valorizamos a oportunidade que Deus nos deus de sermos instrumentos e que por negligência e imaturidade espiritual não levamos a sério;

A grande reflexão é:
Porque precisamos perder para dar valor?
Porque alguém precisa morrer para você reconhecer que ela tinha valor?
Porque gastamos o nosso tempo de forma tão irresponsável?
E por outro lado, devemos pensar “será que algo realmente nos pertence?”
Se tudo nos é dado por graça e misericórdia, sem merecimento algum, porque nos esforçamos tanto para perdê-las?
E porque achamos que as perdemos se nada nos pertence?

Enfim, espero que aprendamos a valorizar o que nos é dado enquanto ainda estamos vivos para experimentá-los e desfrutar de sua presença.

"Teus, ó SENHOR, são a grandeza, o poder, a glória, a majestade e o esplendor, pois tudo o que há nos céus e na terra é teu. Teu, ó SENHOR, é o reino; tu estás acima de tudo. A riqueza e a honra vêm de ti; tu dominas sobre todas as coisas. Nas tuas mãos estão a força e o poder para exaltar e dar força a todos" (1Cr 29:11-12).
"Confie no Senhor de todo o seu coração e não se apóie em seu próprio entendimento; reconheça o Senhor em todos os seus caminhos, e ele endireitará as suas veredas" (Pv 3:5-6). 

Obrigada por "ganhar" o seu tempo lendo meu artigo... paz!
Luciana Reis
Blogueira Cristã.

Nenhum comentário:

Postar um comentário